29 agosto 2012

"Vai estudar ó Relvas" em Timor Leste

Pensava-se que não ia ver a luz do dia o cartaz gigante colocado numa das principais avenidas do centro de Dili em Timor-Leste. “Vai estudar ó Relvas” reclama o placar. Não se sabe quem foi o autor da proeza, apenas os relatos dos seguranças privados do Hotel Timor que afirmam “foram uns miúdos”. A gerência do hotel não gostou da ação e tentou fazer com que o placar fosse retirado. Um dos gerentes chamou a polícia, “ o cartaz não devia estar colocado mesmo em frente ao hotel, pois não temos qualquer responsabilidade pela sua fixação, e não queremos qualquer associação com o hotel”. Na realidade não esta associado pois o mesmo foi colocado em via publica. Acontece porém que está mesmo em frente ao Hotel Timor, um dos locais privilegiados dos portugueses residentes em Dili.


Algumas horas mais tarde chega a PNTL que nada pode fazer “sem ordem do comando”, disse a agente destacada. A GNR também rondou a zona, os transeuntes acreditavam que pela madrugada o cartaz seria retirado. “Não vai ver a luz do dia” disse um dos portugueses que saiu de casa à noite de propósito para fotografar o cartaz, “recebi uma sms com a informação que tinham colocado um cartaz com a mensagem para o Relvas“ afirma. “Vai para o facebook” acrescenta sorridente.
Na verdade o cartaz resistiu à noite e pelas 9h da manha mantinha-se firme mesmo em frente ao Hotel Timor. Para os timorenses passa despercebido mas os portugueses que vão ali tomar café, sacam de máquina fotográfica e sorriem com a brincadeira.

“Vai estudar ó Relvas” é frase que está a marcar a visita do ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares Miguel Relvas que de desloca a Timor para assinar um conjunto de protocolos subordinado à Comunicação Social. Os dirigentes da RTP e agência Lusa acompanham o ministro nesta sua visita que terá a duração de três dias.

Global Voices Radio - Live stream